Excesso de celular pode causar miopia. Saiba mais

Luana Rodrigues

É bem provável que você passe boa parte do dia olhando para a tela do seu celular, certo?  O uso intenso desse dispositivo pode afetar o funcionamento do seu organismo pela frequência de luz azul emitida por ele.

Falando no impacto sobre a visão, um dos distúrbios que você poderá desenvolver pelo excesso de exposição às telas de computador, tablets e smartphones é a miopia. Um erro de refração que afeta a visão à distância das pessoas.

Por que a iluminação artificial pode prejudicar sua visão?

Sem luz não há visão. E na falta da luz, o ser humano desenvolveu uma nova forma de controle para combater a escuridão: a iluminação artificial.

Os benefícios e malefícios da iluminação artificial têm sido objeto de pesquisa, incluindo a sua relação nos casos de miopia.

Como os míopes enxergam: a pessoa tem dificuldade em enxergar com nitidez o que está distante.

Ambientes fechados que possuem apenas a iluminação artificial, em especial as luzes de LED (Diodo Emissor de Luz), podem fornecer cerca de 500 lux (métrica de intensidade da luz). Este número está bem distante da quantidade de luz necessária à boa visão.  Um estudo realizado por cientistas australianos, publicado em uma matéria da revista Nature, aponta que, para o benefício dos olhos, é necessário que cada pessoa fique exposta a 10.000 lux (métrica de intensidade da luz) por três horas diárias.

Além disso, o uso de aparelhos eletrônicos próximos aos olhos contribui para um esforço excessivo de acomodação ocular. Isso porque o músculo dos nossos olhos, que trabalha como uma espécie de zoom para a captura da imagem precisa fazer esse trabalho de maneira repetitiva, o que pode proporcionar o início da miopia

Atividades diárias ao ar livre para prevenir a miopia

No mesmo estudo, os cientistas australianos chegaram à conclusão de que é possível reduzir as chances de desenvolver a miopia por meio de atividades diárias ao ar livre.

 

Entendendo a miopia ocular

 

Por que estamos tão expostos à luz azul?

As luzes de LED contêm em sua fórmula em torno de 35% de emissão de luz azul. E nós estamos superexpostos aos efeitos desta luz, porque ela está presente em todos os aparelhos eletrônicos e dispositivos móveis que utilizamos em nosso dia a dia. Televisão, monitores de computadores, tablets, e celulares, atualmente muito acessíveis em qualquer lugar do mundo.

A luz artificial pode contribuir com o desenvolvimento da miopia.

Pesquisa realizada pela Deloitte “There’s no place like phone: Consumer usage patterns in the era of peak smartphone” (traduzido para o português: “Não há nenhum lugar como o telefone: padrões de uso do consumidor na era do pico do uso do smartphone”) indica que quase metade dos jovens entre 18 e 24 anos utilizam o celular durante a noite, o que pode afetar também o funcionamento do ciclo circadiano.

Para manter um bom funcionamento do corpo é importante compreendermos que o nosso organismo, e a nossa visão, estão sujeitos às influências do meio ambiente. E a luz natural e artificial tem enfeito determinante sobre a nossa saúde e o nosso metabolismo. Entenda neste artigo como funciona o seu relógio biológico.